);
Widget Image

Atendimento especializado e descomplicado em Medicina do Sono e Neurologia. Dormir bem é algo essencial para ter qualidade de vida.

Agende uma consulta clicando aqui!

Últimas postagens

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 08:00 - 17:00
ESTAMOS EM: MANAUS
CONTATO: (92) 99901-5080 / (92) 99192-3240 / (92) 3659-3240
SIGA-NOS:

Cefaleia pode ser sintoma de problemas mais graves

Cefaleia pode ser sintoma de problemas mais graves

A cefaleia é qualquer condição que gera dor, latência, peso ou pressão na cabeça. Quando a dor permanece por alguns dias, precisa ser investigada por um especialista. Existem mais de 150 tipos de cefaleia, a origem do problema é variada e, às vezes, desconhecida. Segundo a Sociedade Brasileira de Cefaleia, aproximadamente, 70% da população sofre com dores de cabeça.

Tipos de cefaleia

As cefaleias são classificadas de acordo com sua origem, ou seja, de acordo com as causas da dor. Assim, a cefaleia primária é aquela que não tem causa conhecida e não pode ser explicada por exames. Por sua vez, a cefaleia secundária é um sintoma de outro problema ou doença e, por isso, acaba quando ele é solucionado. Só para exemplificar, lesões na cabeça, acidente vascular cerebral, infecções, sinusite, abuso de substâncias variadas, problemas odontológicos e outros podem causar cefaleia secundária.

Fatores de risco

O histórico familiar e o sexo aumentam as chances de ter cefaleia. Mulheres, normalmente, são mais acometidas que os homens, mas alguns comportamentos e problemas também aumentam o risco de dores de cabeça. Entre eles estão problemas de visão, ansiedade, depressão, TPM, estresse e dificuldade para dormir.

Principais sintomas da cefaleia

A dor de cabeça não é o único sintoma da cefaleia, outras alterações podem estar associadas ao problema. Quem tem cefaleia pode experimentar náuseas, vômitos, irritabilidade, visão embaçada, tontura, sensibilidade à luz, cheiros e barulhos. Além disso, também é comum ter dificuldade para adormecer e manter o sono, dificuldade de concentração e fadiga crônica.

Cefaleia tensional, em salvas e enxaqueca

Algumas características específicas ajudam a classificar as cefaleias. Entre as mais comuns, a cefaleia em salvas, por exemplo, causa dor intensa em apenas um lado da cabeça, geralmente, em volta do olho, com lacrimejamento e vermelhidão.
Já a enxaqueca além da dor latejante traz consigo intolerância à luz, sons e cheiros e pode causar vômitos.

Por sua vez, a cefaleia tensional tem origem em situações de tensão emocional ou física e sintomas associados como peso e aperto na cabeça, irritabilidade e dor na nuca e/ou pescoço.

Tratamento

Quem tem enxaqueca não deve ficar períodos prolongados em jejum, nem tomar medicamentos ao primeiro sinal de dor, sob o risco de minimizar ou anular os efeitos dos mesmos. Além disso, deve praticar exercícios físicos, controlar o estresse e dormir bem. Nos casos das cefaleias secundárias, o tratamento consiste em eliminar o problema que originou a dor de cabeça.

Existem mais de 150 tipos de cefaleia e muitas vezes, a dor pode ser apenas um sintoma de problemas mais graves. Por isso, em caso de cefaleia, procure ajuda especializada.

Fonte: https://unidadedosono.med.br/

No Comments

Leave a Comment