);
Widget Image

Atendimento especializado e descomplicado em Medicina do Sono e Neurologia. Dormir bem é algo essencial para ter qualidade de vida.

Agende uma consulta clicando aqui!

Últimas postagens

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 08:00 - 17:00
ESTAMOS EM: MANAUS
CONTATO: (92) 99901-5080 / (92) 99192-3240 / (92) 3659-3240
SIGA-NOS:
 

DOENÇAS MUSCULARES E DE JUNÇÃO

Também chamados de miopatias, apesar de afetarem algumas funções motoras, não impactam a saúde mental

Doenças neuromusculares são aquelas que afetam o sistema nervoso periférico, isto é, os músculos, a junção neuromuscular (que são estruturas que conectam os nervos aos músculos) e nervos periféricos. Esse tipo de doença, na maioria dos casos, não altera as funções cerebrais, como consciência, memória, raciocínio e linguagem, mas podem trazer dificuldades para locomoção e uma série de outras atividades que antes eram consideradas rotineiras. 

Os principais sintomas das doenças neuromusculares são fraqueza e alteração de sensibilidade. A fraqueza muscular pode ser constante ou variar ao longo do dia e pode ou não ser acompanhada de atrofia, que é a perda de massa muscular. As alterações de sensibilidade podem ir desde diminuição da percepção até uma percepção anormal, como dormência, formigamento, queimação e dor.

O diagnóstico das doenças neuromusculares é feito, principalmente, através da obtenção de uma história detalhada sobre a vida e a família do paciente e exames físicos. Exames complementares incluem eletroneuromiografia (estudo da função dos nervos e músculos através de estímulos e registros da atividade elétrica destas estruturas), exames laboratoriais e biópsias de nervo e músculo. O tratamento vai depender de qual doença neuromuscular o paciente apresenta e qual sua causa. Pode envolver medicamentos que alteram diretamente o curso da doença e outros que agem sobre os sintomas. Técnicas de reabilitação, como fisioterapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia também são bastante utilizadas.

Doenças neuromusculares podem afetar pessoas em qualquer estágio de vida, mas as causas geralmente variam. Apesar de não ser uma regra, crianças são afetadas mais frequentemente por doenças neuromusculares de causas genéticas, enquanto pessoas de mais idade são as que mais sofrem de doenças degenerativas. Causas tóxicas ou inflamatórias podem afetar indivíduos de todas as idades. 

Especialmente por terem sua mente intacta, pacientes com doença neuromuscular precisam adaptar suas funções motoras para ter uma vida o mais normal possível, uma vez que a reabilitação pode envolver o uso de equipamentos como talas, muletas ou cadeiras de rodas, além do tratamento medicamentoso. Como estas doenças afetam a autonomia dos pacientes, através da redução de sua força muscular, é muito importante o auxílio de familiares nas atividades da vida diária. Além disso, o apoio emocional é de extrema importância, especialmente no caso de doenças crônicas e degenerativas.