);
Widget Image

Atendimento especializado e descomplicado em Medicina do Sono e Neurologia. Dormir bem é algo essencial para ter qualidade de vida.

Agende uma consulta clicando aqui!

Últimas postagens

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 08:00 - 17:00
ESTAMOS EM: MANAUS
CONTATO: (92) 99901-5080 / (92) 99192-3240 / (92) 3659-3240
SIGA-NOS:

Você sabe o que é e para quê serve a actigrafia?

Você sabe o que é e para quê serve a actigrafia?

A Actigrafia é uma técnica utilizada para avaliar a atividade orgânica de uma pessoa por um longo período de tempo.

O actígrafo pode registrar e enviar dados clínicos com a finalidade de avaliar o diagnóstico de uma pessoa com suspeita de distúrbio do sono.

A actimetria pode mostrar quando uma pessoa acorda e quão ativa a pessoa é durante a noite de sono. Um local comum para a colocação do sensor está no pulso, onde pode ser usada como um relógio. Normalmente, o paciente usa o dispositivo na mão não-dominante. As pessoas também podem usar o dispositivo em sua perna ou em torno da cintura, dependendo da razão para o estudo e as suas necessidades.

A vantagem da actigrafia é o seu baixo custo e a monitorização de várias noites de sono, o que amplia um diagnóstico comparativo das noites de sono.

Vale lembrar que ainda o padrão-ouro para o diagnóstico dos distúrbios do sono continua sendo a polissonografia, porém, na inviabilidade do uso deste sistema-ouro, temos um segundo meio de diagnóstico ou um complemento para diagnóstico.

O exame de actigrafia pode ser utilizado por profissionais envolvidos no tratamento dos distúrbios do sono, tais como: médicos, odontólogos, fonoaudiólogos e fisioterapeutas, podendo também ser utilizado para o acompanhamento pós-diagnóstico e durante o tratamento de controle de distúrbios do sono com o uso de cpap, bipap ou dispositivo intra-oral. Neste caso, o profissional terá uma maneira eficaz de avaliar os parâmetros do sono e os efeitos diretos com o uso do dispositivo indicado.

O papel da actigrafia é estimar parâmetros do sono. Existem vantagens em seu uso como: a pessoa realiza o exame em seu ambiente natural de sono, é possível registrar várias noites de sono e relacioná-las, a presença de cochilo diurno pode ser estimada, o custo é menor e o exame é menos complicado (pois a pessoa não fica conectada a vários sensores). Os parâmetros estimados são: tempo total de sono, início e fim de sono, tempo de vigília após início do sono, eficiência de sono e latência do sono. Como é uma estimativa, o termo “sono” se substituído pelo termo “repouso” seria mais fiel às limitações da técnica. Os termos utilizados para descrever os parâmetros correspondem aos da polissonografia.

Post Tags:

No Comments

Leave a Comment